Tudo o que você precisa saber sobre a dislexia e o TDAH

O que é o bullying?
07/05/2018
Como preservar a inocência do seu filho?
04/06/2018

O trabalho pedagógico e educacional da escola está muito além da sala de aula. A aprendizagem necessita ser trabalhada em diversos aspectos individuais e por isso, a atenção aos transtornos e dificuldades de aprendizagem (dislexia ou TDAH) é importante para a organização educacional de qualquer colégio.

Desde os primeiros instantes na escola, cada aluno tem sua individualidade respeitada por professores e funcionários. A interação do aluno com sua sala de aula.

 

A dislexia e o TDAH

O que é a dislexia?

A dislexia é um problema de cognição que afeta particularmente a compreensão visual e verbal, a memória em curto prazo e a percepção de ordem e sequência lógica. A dislexia se manifesta como uma dificuldade de automação especialmente na leitura, na ortografia e em outras ocasiões também no cálculo matemático.

A dislexia é, basicamente, uma condição de dificuldade de associar corretamente cada letra escrita com seu som correspondente. Pode ainda se associar com outros tipos de transtorno, inclusive com o TDAH. Para detectar a dislexia podem-se seguir tais indicativos:

  • Confusão de fonemas e dificuldade para os perceber. Assim, a criança tem dificuldades em juntar sílabas de palavras pois sua consciência fonoaudiológica está comprometida.
  • A incapacidade de se lembrar de números, frases e da ordem das coisas é um dos problemas na dislexia quando esta afeta a capacidade de memória sequencial auditiva.
  • Dificuldade para reconhecer cores e fazer associações semânticas de temas e contextos.
  • Dificuldade na escrita, apresentando problemas de omissão de letras ou palavras, dificuldade na caligrafia, adição e inversão de palavras e ordem nas frases.

A dislexia se origina por diferentes razões. Há fatores neurofisiológicos de demora no amadurecimento do sistema nervoso e presença também de outros fatores como conflitos psíquicos provocados por pressões e tensões no ambiente de desenvolvimento da criança. A gravidade da dislexia é diferente para cada pessoa. O diagnóstico e o acompanhamento devem ser feitos sempre com a ajuda de um profissional para que se possa desenvolver terapias de aprendizagem que cooperam com  as dificuldades na área cognitiva.

O que é o TDAH?

O Transtorno por Déficit de Atenção (TDA) e o Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) afetam a crianças, jovens e adultos e se caracteriza pela presença de problemas na área de atenção, comportamento impulsivo e excesso de atividade. Esse transtorno está presente entre 5 a 8% das crianças em idade escolar.

De acordo com especialistas, existem três subtipos de TODA/H, ou seja, as crianças podem apresentar a falta de atenção, hiperatividade impulsiva e a combinação dos dois perfis. O diagnóstico depende dos critérios e especificidades do próprio diagnóstico.

O transtorno leva a um comportamento caracterizado por distração moderada ou grave, com períodos de atenção breve e grande inquietude motora, instabilidade emocional e condutas impulsivas. Normalmente, os sintomas de TDAH dificultam a experiência em situações que exijam atenção ou esforço mental sustentado por longos períodos. Assim, escutar ao professor em sala de aula, realizar os deveres, escutar e ler textos grandes e trabalhar em tarefas repetitivas podem ser um desafio maior.

A dislexia e o TDAH podem então dificultar a experiência de aprendizado. O quanto antes os sintomas forem percebidos e diagnosticados melhor para o desenvolvimento infantil. Os pais devem estar atentos e sem constante contato com a escola a fim de colaborar para o desenvolvimento de seus filhos. A escola cumpre com o dever de orientar e ajudar nos métodos de ensino. O Educacional Pequeno Aprendiz estará sempre com atenção a este tema, a fim de que seus alunos possam expressar seus potenciais junto a nossa metodologia Makenzie de ensino.

Gostou deste artigo?! Então confira  nossos outros artigos clicando aqui!

2 Comments

  1. […] sugerem que diferentes abordagens beneficiam uma criança disléxica ou com TDAH. Os educadores que reservam tempo para aplicar as descobertas científicas nas aulas podem […]

  2. […] com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) enfrentam múltiplos desafios na escola. Porém, com paciência e um plano eficaz, o aluno pode […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *