TDAH: Como a escola e os pais podem lidar com isso

Inclusão social
Inclusão social: As escolas estão preparadas?
10/12/2018
beber água
Dicas para estimular a criança a beber água e manter-se hidratada
24/12/2018
Exibir tudo
TDAH: Como a escola e os pais podem lidar com isso

Crianças com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) enfrentam múltiplos desafios na escola. Porém, com paciência e um plano eficaz, o aluno pode prosperar na sala de aula. Os pais devem trabalhar com seu filho, juntamente com o professor, estratégias práticas que possam ajudar a criança a superar problemas de aprendizado.

No entanto, muitas escolas não estão preparadas para receber alunos com TDAH. Alguns motivos são: professores sobrecarregados e sem tempo de lidar com problemas individuais. Diante de uma turma com dezenas de alunos é complicado para o professor conseguir dar atenção a cada um, acompanhando de perto suas dificuldades.

Assim, as crianças mais agitadas são vistas como indolentes e desordeiras.  Porém, esses problemas de comportamento são consequência da doença, que deve ser diagnosticada e tratada da forma certa.

O que é o TDAH?

O TDAH é um distúrbio cerebral caracterizado por um padrão de desatenção e / ou hiperatividade-impulsividade que interfere nas atividades diárias.

Como o TDAH afeta as crianças na escola?

O ambiente de sala de aula pode ser um lugar desafiador para uma criança com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade. As tarefas que esses estudantes acham mais difíceis como, ficar sentados, ouvir em silêncio, concentrar-se, devem ser realizadas todos os dias.

Os pais devem ajudar os filhos a lidar com esses déficits e enfrentar os desafios na escola. A primeira iniciativa deve ser conversar com os professores para informar como a criança aprende melhor. Assim, com apoio em casa e estratégias de ensino em sala de aula, não há razão para que crianças com TDAH não possam ter sucesso na escola.

Os sintomas de TDAH podem afetar negativamente a capacidade de uma criança aprender na sala de aula. Alunos com TDAH têm vários desafios no ambiente escolar, incluindo:

– Distrações (janelas, outras crianças, cartazes interessantes na parede);

– Dificuldade em se concentrar durante palestras;

– Dificuldade de ficar sentado;

– Falar fora de hora;

– Podem esquecer-se de fazer o dever de casa;

– Deficiências motoras (isso dificulta à escrita);

– Dificuldade de seguir instruções e completar projetos de longo prazo de forma independente.

Relação entre pais e professores

Lembre-se que o professor do seu filho tem um prato cheio: além de gerenciar um grupo de crianças com personalidades e estilos de aprendizagem diferentes, ele também pode esperar ter pelo menos um aluno com TDAH.

Os professores podem fazer o melhor que podem para ajudar o aluno com distúrbio de déficit de atenção a aprender efetivamente. Mas, o envolvimento dos pais pode melhorar ainda mais o desempenho da criança na escola. Portanto, os pais tem o poder de otimizar as chances de sucesso do filho, apoiando o trabalho realizado em sala de aula.

Para que um aluno tenha sucesso na escola, é fundamental que suas necessidades sejam comunicadas aos professores e a outros funcionários da instituição. É importante também listar os medicamentos que a criança faz uso e explicar outras formas de tratamento. Assim, é possível tornar a comunicação com a escola construtiva e produtiva.

Desenvolvendo e usando um plano de comportamento

As crianças com TDAH são capazes de se comportar adequadamente em sala de aula. Porém, precisam de estrutura e expectativas claras para manter seus sintomas sob controle. Os professores podem ajudar desenvolvendo um plano de comportamento para o aluno. Seja qual for o tipo de plano de comportamento estabelecido, deve contar com a colaboração dos pais.

As crianças com transtorno de déficit de atenção respondem melhor a objetivos específicos e reforços positivos diários, bem como recompensas atrativas. O ideal é criar um plano que ofereça pequenas recompensas para simples vitórias e maiores recompensas para conquistas mais significativas.

Reduzindo a interrupção

As crianças com distúrbio de déficit de atenção podem ter dificuldades em controlar seus impulsos. De modo que, muitas vezes, falam fora de hora. Na sala de aula ou em casa, eles chamam ou comentam enquanto os outros estão falando.

Suas explosões podem parecer agressivas ou até grosseiras, criando problemas sociais. A auto-estima de crianças com TDAH é muitas vezes bastante frágil. Portanto, chamar a atenção na frente dos membros da família pode até piorar as coisas.

Reduzir as interrupções de crianças com TDAH deve ser feito com cuidado para que sua auto-estima seja mantida, especialmente na frente de colegas de classe. Os professores devem desenvolver uma “linguagem secreta” com a criança com TDAH.

Isso pode ser feito através de gestos discretos ou palavras previamente acordadas para informar a criança que ela está interrompendo.

Como os pais podem ajudar a criança com TDAH a fazer o dever de casa

– Escolha um horário e local específicos para a criança fazer a lição de casa que seja o mais livre possível da desordem, dos animais de estimação e da televisão.

– Ensine a criança a ter uma melhor compreensão da passagem do tempo: use um relógio ou temporizadores de forma lúdica para monitorar a sua eficiência.

Conheça o Espaço Educacional Pequeno Aprendiz

O Espaço Educacional Pequeno Aprendiz oferece um ensino de qualidade baseado no sistema Mackenzie de educação. Através de valores contidos na Bíblia Sagrada, a palavra de Deus é honrada e prevalece na estrutura pedagógica da escola. Assim, as dificuldades de cada criança são superadas através do apoio integral da instituição.

 

1 Comment

  1. […] oferece a criança uma oportunidade de aprender novas habilidades, principalmente aquelas com TDAH. Enfim, procure ajudar seu filho a lidar com esse período difícil e se adaptar à nova […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *