Maneiras de acalmar o choro das crianças

Dicas para estimular a inteligência e a criatividade da criança
Dicas para estimular a inteligência e a criatividade da criança
18/02/2019
criança inteligente
Como criar uma criança inteligente emocionalmente
04/03/2019
choro das crianças

Se as birras e choros do seu filho estão enlouquecendo você, neste artigo vamos mostrar o que é possível fazer para acalmar o choro das crianças. Antes de mais nada, é preciso saber que a criança chora porque não tem recursos internos para lidar com o que está lhe incomodando. Quando os adultos se sentem sobrecarregados tentam lidar com isso. Porém, quando crianças, muitos se jogavam no chão, gritavam, choravam, etc.

Logo, satisfaça as necessidades básicas de seu filho como comida, descanso, tempo ocioso e conexão com você, do contrário irá presenciar várias cenas de choro. De fato, a criança vai reclamar se você forçá-la a suportar uma viagem longa de carro quando está com sono e cansada. Portanto, para evitar o choro das crianças, tente não irritá-las. O ideal é aprender a lidar com o estresse natural da infância.

A criança chora porque precisa de mais conexão

Primeiramente, certifique-se de que seu filho está recebendo atenção suficiente. O segredo para evitar o choro das crianças é tomar a iniciativa e dar atenção que ela não pediu. Assim, sentirá o seu apoio e conexão. De fato, é importante atendê-la quando mostrar o primeiro sinal de carência afetiva, antes do choro.

Saiba que é função dos pais atender às necessidades emocionais dos filhos para que tenham recursos internos para lidar com qualquer situação. A conexão é uma necessidade humana básica, e as crianças não conseguem viver bem sem ela.

A criança chora porque não gosta do que está acontecendo

A princípio, quando as crianças choramingam, estão se sentindo impotentes. Assim, se as repreendermos por isso ou nos recusarmos a ouvi-las, aumentamos o seu sentimento de impotência. Por outro lado, se cedermos, elas deixarão de choramingar. Logo, recompensaremos essa impotência.

Dica:

Lembre-se, você não está disposto a manipulá-la, mas a se conectar. Portanto, comece deixando-a saber que você ouve e entende o que ela quer. Dessa forma, analise seu ponto de vista. Por exemplo: “Eu sei que você quer ir ao parquinho, mas eu preciso passar em várias lojas antes. Então, você precisa esperar, certo?

Às vezes, apenas sentir-se ouvido é suficiente para acalmar o choro das crianças. Mas, se ela continuar chorando, você pode dizer de brincadeira: “Onde foi parar sua voz? Parece que não é você”. Essa pode ser uma estratégia divertida. Peça a seu filho que volte a usar sua voz “forte” e ofereça ajuda para que encontre, transformando isso em um jogo.

“Onde está sua voz? Estava aqui há um minuto atrás. Eu gosto da sua voz, é muito bonita! Eu vou ajudar você a encontrá-la. Ajude-me a procurar. Está debaixo da cadeira? Atrás da porta? Você achou! Agora, me diga de novo o que você precisa, com sua voz forte.”

Solução

Finalmente, dê a criança ferramentas alternativas, ensinando-a a perguntar apropriadamente algo e negociar com você. Como a lamentação é muitas vezes uma função da falta de poder, ajudar seu filho a sentir que pode conseguir o que quer através de medidas razoáveis pode ser uma lição valiosa para toda a vida. ​​

Em outras palavras, você não quer que a criança aprenda que pode conseguir o que quiser choramingando ou fazendo birra. Mas você pode querer que aprenda que conseguirá o que deseja administrando suas emoções, vendo as coisas do ponto de vista da outra pessoa.

“Ok, você quer ir ao parquinho, e eu preciso parar na farmácia. Vamos fazer o seguinte: se formos rápidos na farmácia, teremos tempo de ir no playground a caminho de casa. Acha que pode me ajudar a ser mais rápida? E se você não chorar para entrar e sair do carro, podemos ficar um pouco mais de tempo no parquinho.”

Assim, você está “recompensando” o choro das crianças? Não, você está capacitando-a, demonstrando que encontrar soluções que funcionem para vocês dois é o caminho para conseguir o que quer na vida.

A criança chora porque precisa chorar

De fato, as crianças tem um monte de emoções reprimidas sobre as coisas que estão lhe estressando. Por exemplo: a nova babá, o irmão recém-nascido, o tempo de espera em uma fila, etc. Mas, à medida que crescem, ganham mais autocontrole e começam a reclamar. Seja gentil e responda ao seu lamento até chegar em casa e ter alguns minutos para dar a
devida atenção. Então, pegue seu filho no colo e diga:

“Eu percebi que você estava triste. Você quer se aconchegar no meu colo e chorar um pouco? Todo mundo precisa chorar às vezes. Eu estou aqui para te abraçar.”

Conheça o Espaço Educacional Pequeno Aprendiz

No Espaço Educacional Pequeno Aprendiz, crianças de 6 meses a 6 anos de idade são estimuladas através da aprendizagem significativa. O material didático é inspirado no Sistema de Ensino Mackenzie. Dessa forma, a criança desenvolve todo o seu potencial. Além disso, por meio da Educação por Princípio Cristão a palavra de Deus triunfa no eixo pedagógico da instituição.

3 Comentários

  1. […] você ceder ao choro da criança vai dificultar o processo de adaptação dela ao seu próprio quarto. Diga para seu filho que ele […]

  2. […] Por fim, essas sete técnicas para acalmar uma criança ansiosa são ótimos recursos que os pais devem considerar. Como as crianças aprendem melhor pelo exemplo, pratique essas técnicas calmantes e depois ensine para seus filhos. É importante também aprender a acalmar o choro das crianças. […]

  3. […] os filhos se prendem a cada palavra. Isso também ajuda a manter a calma. Além disso, saber acalmar o choro das crianças também é […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *